Logística

Entrega de cargas: 4 formas de evitar o impacto dos atrasos nas entregas

4 formas de evitar o impacto dos atrasos nas entregas

fluxo de mercadorias é uma operação que integra o dia a dia de qualquer tipo de empreendimento. Independentemente do seu porte ou orçamento, haverá a distribuição de matéria-prima e o envio de materiais ou produtos ao destinatário final. Assim, se o gestor não contar com um sistema eficiente de transporte, dificilmente alcançará os resultados almejados.

Então, quem fechará negócios com a sua empresa se os atrasos nas entregas acontecem com frequência?

Portanto, para evitar esse contratempo, no post de hoje, abordaremos quatro dicas valorosas sobre medidas para evitar o descumprimento dos prazos de entrega. Confira!

Quais os principais impactos que os atrasos nas entregas geram em uma empresa?

Financeiro

Um dos grandes desafios empresariais é alinhar a alta produtividade com a redução de custos. Consequentemente se um único setor quebra esse ritmo, o resultado financeiro é imediato: os gastos do negócio se elevam.

setor de logística, inclusive, não foge a essa regra. Uma vez que os atrasos nas entregas refletem em esforços desperdiçados de mão de obra e equipamentos, e todos os recursos envolvidos tomarão mais tempo do que o necessário — sem contar a chance de ter que repetir o processo, devido a erros ou danos ocorridos com a mercadoria.

Satisfação do cliente

A entrega de determinado item, dentro do limite de prazo previsto, é encarada como um padrão de qualidade no atendimento. Além disso, motiva o cliente à fidelização — ele tem uma relação de confiança para efetuar novas compras no futuro.

Portanto, nesse contexto, os atrasos nas entregas geram justamente a perda dessa credibilidade. Afinal, quem paga quer receber o produto antes mesmo do final de tal prazo. Por isso, o empreendedor que almeja crescimento deve valorizar bastante seu sistema de logística.

Imagem da empresa

Os atrasos nas entregas impactam diretamente a credibilidade da empresa no mercado. Os consumidores hoje estão, cada vez mais, instruídos e convictos da sua escolha E, portanto, quando investem em um produto, estão em busca de uma aquisição de qualidade, mas também de um rápido recebimento.

Assim, é importante lembrar-se de que, além de deixar de comprar do seu empreendimento, o cliente insatisfeito reportará essa experiência para outros possíveis compradores. Construindo, assim, uma imagem negativa da sua empresa.

O que pode ser feito para evitar tais atrasos?

1. Melhore os processos internos

Imagina-se que os atrasos nas entregas de mercadorias geralmente são relacionados à etapa de transporte. Entretanto, esse é apenas o último passo para que o produto chegue ao seu destinatário final. Todavia, essa etapa nem sempre é a responsável pelo descumprimento do prazo estipulado.

Dessa forma, quando os problemas de atraso tornam-se recorrentes, o mais indicado é analisar todos os processos relacionados à expedição, de maneira que as falhas possam ser identificadas e corrigidas o quanto antes. Reflita sobre alguns pontos, como:

2. Reduza os índices de devolução

Os altos índices de devolução representam para a empresa a perda de tempo e dinheiro. Isso porque todo trabalho realizado até aquele momento precisará ser refeito, o que demanda novos custos para que o objetivo seja cumprido.

Havendo uma má gestão do processo logístico, isto é, se ele funciona de maneira insatisfatória, muitas falhas podem surgir ao longo desse caminho até a entrega ao consumidor. Um exemplo disso são os pedidos errados: o cliente adquire um produto e, por falta de preparo dos funcionários de logística, ele recebe outro item.

Além disso, muitas vezes, não há o mesmo padrão de cuidado pelos diferentes locais em que as mercadorias passam até chegarem ao ponto de entrega. Portanto, há um grande risco de ocorrerem avarias — um dos principais motivos para aumentar os índices de devolução.

3. Calcule os riscos

Imprevistos acontecem, e um gestor habilidoso deve estar sempre preparado para lidar com os obstáculos que venham a surgir durante o trajeto dos transportes e causar atrasos.

Para não comprometer a credibilidade do seu serviço, vale a pena apostar em um “plano b” — investir em uma estrutura capaz de realizar várias remessas em caráter de urgência, estabelecer diversas parcerias confiáveis e terceirizar a entrega.

4. Acompanhe a entrega em tempo real

Graças ao avanço da tecnologia, atualmente já é possível que as entregas sejam monitoradas em tempo real, de forma que os atrasos e seus respectivos motivos sejam descobertos com bastante agilidade.

Tais ferramentas de rastreamento são baseadas no sistema de GPS. Inclusive, garantem vantagens adicionais, como a comunicação com o condutor e o acompanhamento do seu desempenho. Caso necessário, a empresa ainda pode sugerir novas rotas para o motorista, no intuito de que a entrega aconteça dentro do tempo.

Como o tempo de entrega da carga é calculado?

No procedimento de cálculo do prazo de entrega, a característica da carga deve ser o primeiro fator analisado. Se envolver produtos perecíveis, por exemplo, existe a necessidade de um tempo mais curto e condições especiais de transporte — tudo para garantir o seu perfeito estado de conservação.

Inclusive, no caso de cargas perigosas, poderá haverá peculiaridades quanto à restrição de:

  • dias;
  • horários;
  • tipo de transporte;
  • vias utilizadas.

Ademais, os modais escolhidos para levar as mercadorias exercem um papel fundamental no cálculo — o transporte rodoviário naturalmente demandará mais tempo que o aéreo, porém é mais ágil, se comparado ao ferroviário — e assim interferem na diferenciação de preço.

As estratégias do transporte também serão calculadas em virtude da necessidade do cliente na entrega. Portanto, quanto maior a urgência, menor o tempo para efetuar o serviço, e, consequentemente, mais alto o valor do serviço.

Nesse sentido, aspectos relacionados ao peso e volume da carga representam um ponto decisivo não apenas no cálculo do tempo, mas principalmente na questão de valores.

Comercializar produtos de qualidade é um aspecto fundamental para quem deseja destacar-se no mercado. Contudo, apenas esse requisito não é o suficiente para proporcionar a melhor experiência de compra dos seus clientes.

Os atrasos nas entregas certamente deixam os consumidores frustrados e dispostos a dar uma chance para os concorrentes. Por esse motivo, jamais negligencie o cumprimento dos prazos, pois eles podem tanto elevar como destruir a imagem do seu negócio.

Gostou do post? Então, para ter acesso a outras dicas como essas e garantir o sucesso do seu negócio, assine a nossa newsletter. Receba as novidades diretamente no seu e-mail!