De maneira simples, pode-se definir o romaneio de carga como o documento para a conferência de mercadorias transportadas. Ou seja, é a descrição detalhada dos itens enviados, concentrando todas as informações em um único arquivo.

Romaneio de carga: entenda o que é e como irá beneficiar seu negócio.

Na prática, o romaneio de carga serve, entre outras coisas, para facilitar o processo de conferência, tanto no embarque quanto no desembarque da mercadoria. É também importante em termos de fiscalização e na facilitação de processos burocráticos em seguradoras.

Para você entender de vez como funciona e quais as vantagens do romaneio de carga, a seguir apresentaremos um panorama sobre o assunto. Continue com a gente e saiba como a sua empresa pode extrair os benefícios corretos desse documento. Boa leitura!

Quais as vantagens do romaneio de carga?

Como explicado, o romaneio de carga tem como objetivo principal concentrar informações importantes sobre a operação de transporte. Se executado corretamente, pode trazer inúmeras vantagens para sua empresa. Entenda melhor a seguir.

Torna as informações mais acessíveis

Ao concentrar diversos dados do transporte, o romaneio de carga se torna uma ferramenta essencial na extração e na alimentação de informações para o sistema interno da sua empresa.

Com isso, não só o seu negócio, mas também clientes e outras pessoas envolvidas podem acessar com maior facilidade dados relevantes, como status da entrega, produtos transportados, entre outros.

Facilita a conferência de objetos

O romaneio de carga é muito útil na conferência de objetos e comprovantes por parte da empresa. Por exemplo: quando o entregador sai para concluir a operação, a mercadoria passa a ser de sua responsabilidade. Ao retornar à empresa, ele precisa apresentar o romaneio de carga a fim de prestar conta sobre a entrega.

Com isso, os profissionais responsáveis conseguem conferir se tudo ocorreu de maneira esperada, checando as informações a partir do romaneio.

Para simplificar o trabalho e ainda melhorar a segurança para empresa e para o motorista. Desta forma, é interessante a impressão de duas vias do romaneio, com uma ficando no galpão e outra seguindo viagem com o condutor.

Melhora o gerenciamento de riscos

No Brasil, infelizmente, o número de roubos de cargas cresceu consideravelmente nas últimas décadas. Portanto, as instituições públicas não sendo capazes de controlar a situação, as chances de contratempos são altas. Além disso, existe a possibilidade de acidentes, defeitos mecânicos, entre outros.

Com o cenário posto, o romaneio de carga pode ser a peça-chave na hora de solucionar uma burocracia com a seguradora. O fato é que, hoje, é comum que essas empresas solicitem o documento para iniciar o processo de indenização de danos.

Sem o romaneio de carga tudo se torna mais difícil e a sua empresa corre o risco de ver o seu processo arrastado por muito tempo, aumentando as chances de prejuízo financeiro.

Melhora o relacionamento com o cliente

Como explicado, o romaneio de carga auxilia no monitoramento das mercadorias e na alimentação do sistema da empresa. A partir desses benefícios, o cliente consegue acompanhar a entrega e conferir o progresso da operação.

Se a instituição conta com um sistema integrado o trabalho é ainda mais eficaz. Sendo assim, as informações são utilizadas para atualizar diariamente o status da entrega. Isso é importante, visto que torna a operação mais transparente. Permitindo que os clientes saibam exatamente o que está acontecendo com os seus produtos.

Falando do relacionamento com o cliente, o ganho é imediato. A experiência do usuário é transformada e, além de se sentir satisfeito, ele se torna mais suscetível a uma fidelização. Em um mercado bastante concorrido, como o atual, essa vantagem é determinante para o sucesso de qualquer negócio.

Por que ele é tão importante?

Além das vantagens apresentadas, o romaneio de carga é de extrema importância para a qualificação dos serviços de uma empresa. Com ele, por exemplo, a organização consegue diminuir o número de envios errados e, consequentemente, de pedidos de troca.

O controle da operação se torna mais eficaz. Além disso, a empresa passa a ser mais transparente para usuários e parceiros. Embora não seja obrigatório atualmente, ele impacta de forma direta no relacionamento com o cliente, na produtividade dos serviços, na imagem da empresa etc.

Como o romaneio de carga pode ser emitido?

Apesar de ser apresentado no Regulamento Aduaneiro e na Instrução Normativa SRF 680, não há uma definição clara sobre a obrigatoriedade da emissão do romaneio de carga. No máximo, é colocado o termo “aplicável” quando se refere ao documento.

Porém, a utilização do romaneio é indicada em operações corriqueiras de transporte de carga e em situações como:

  • desembaraço da mercadoria;
  • Declaração de Importação;
  • Declaração Aduaneira.

Quanto à emissão, ela pode ser feita de forma simples. Contendo as informações corretas, até mesmo uma planilha básica é suficiente para a construção do documento. Porém, como não existe um modelo oficial, são considerados dados importantes aqueles essenciais para manter o controle das cargas, por exemplo:

  • informações sobre peso e volume da carga;
  • tipo das embalagens (caixas, paletes etc);
  • identificação dos volumes;
  • quantidade de itens;
  • notas Fiscais.

A receita federal recomenda que as informações acima sempre estejam no romaneio, com cada empresa ficando liberada a adicionar outros dados de acordo com suas necessidades. Afinal, as prioridades podem ser relativas de acordo com a situação.

Uma ótima maneira para não errar na emissão do romaneio é utilizar um sistema de gerenciamento integrado. Deste modo, além de facilitar a coleta e definição das informações que entrarão no documento, a ferramenta é capaz de otimizar a comunicação entre todos os envolvidos, como já explicado anteriormente.

Sistema de gestão para diminuir gastos e retrabalhos

Não obstante, um sistema de gestão consegue diminuir consideravelmente a taxa de falhas humanas. Pois grande parte do processo passa ser realizado de maneira automatizada, sem a necessidade de interferência dos colaboradores. Sendo assim, a empresa pode até diminuir os gastos que eram frequentes em retrabalhos.

Enfim, esses foram os pontos mais importantes sobre o romaneio de carga. Além de todos os fatores que envolvem a emissão e utilização do documento, é interessante que o seu negócio crie um planejamento logístico coeso e inteligente, facilitando a extração das vantagens e o alcance de todas as metas. Por fim, não deixe de contar com empresas parceiras com expertise no mercado e que ofereçam serviços diferenciados.

Gostou do artigo? Então que tal agora reforçar o seu conhecimento sobre a criação de um planejamento logístico?