Logística, Tecnologia

Logística 4.0: o que é e quais os benefícios para as empresas

Desde a Revolução Industrial, iniciada no século XIX na Inglaterra, as indústrias têm acompanhado inúmeras evoluções com o passar dos anos. Seja na parte técnica ou prática, o setor industrial sente a necessidade de se adaptar à logística 4.0.

logística 4.0

Assim, estratégias, sistemas, ferramentas e práticas (além de tudo o que faz parte do repertório diário de uma empresa) são influenciadas pelo imediatismo dos avanços tecnológicos. A adoção de novas tecnologias e o desenvolvimento de profissionais potencializam os resultados apurados com os conceitos de Big Data e Cloud Computing.

Interessou-se pelo assunto e quer saber mais? Continue a leitura!

Entenda as transformações geradas

Tradicionalmente, as linhas de produção das grandes indústrias produzem em larga escala. As quantidades chegam a ser excessivas, ao passo que os produtos apresentam uma qualidade considerada razoável.

Então, com o aperfeiçoamento dos sistemas de produção, a mesma empresa poderá confeccionar um item personalizado de acordo com as exigências do seu cliente. Produzindo apenas o que deve ser comercializado.

A partir desse momento, inúmeros fatores positivos começam a surgir dentro do Supply Chain — que vão desde a redução do consumo de matéria-prima e a queda no número de produtos estocados até a agilidade nos prazos ou processos de entrega.

Consequentemente, não há a necessidade de grandes estruturas para a armazenagem, sendo possível ganhar eficiência na cadeia logística quando se trata da qualidade e do prazo de entrega.

Portanto, todo o processo de automação, inovação e aperfeiçoamento dentro da cadeia logística, com o uso de novas tecnologias, é conhecido como Logística 4.0. Sua principal função é aliar diferentes sistemas, que falam diversas linguagens, mas ainda não se tornaram um padrão no mercado.

A geração de dados converge para que se tenha uma indústria mais alinhada com a realidade dos negócios, evitando desperdícios. Mas, além da indústria, esse compartilhamento de informações favorece o Supply Chain.

Descubra os benefícios da logística 4.0

A Logística 4.0 é responsável por:

  • reduzir os custos com transporte e a perda de ativos;
  • aumentar a segurança do sistema;
  • desburocratizar processos, tornando o mercado muito mais competitivo;
  • integrar e compartilhar informações-chave sobre os recursos e elementos do Supply Chain a partir de plataformas abertas, gerando e disseminando conhecimento.

Todo o processo ocorre por uma interface de gêmeos digitais. Isso aprimora os processos contínuos e não abrange somente a fabricação de produtos, mas também a indústria, a mercadoria, os modais de transporte e a infraestrutura.

Com o gerenciamento dos recursos utilizados na Logística 4.0, ocorrido dentro da Cloud Computing. É possível alcançar mais eficiência no uso de equipamentos e insumos, na mão de obra e nos processos de negócios. Como resultado, há mais produtividade e eficiência.

Os processos de logística devem aumentar consideravelmente os níveis de eficiência operacional e mudar radicalmente seus padrões de comportamento. Isso ocorre por meio da integração de sistemas “físico-digital”, conectando em tempo real as diversas cargas que são deslocadas, rastreadas e acondicionadas todos os dias.

Veja quais são suas aplicações

O aprimoramento tecnológico já foi iniciado com a logística 4.0. Em todas as partes do país, é possível encontrar soluções revolucionárias, que seguem o conceito de fábrica inteligente e conectada.

Exemplos da logística 4.0 são os veículos autônomos, programados por sistemas de computadores que demostram os movimentos necessários conforme o mapa do armazém. O software também estabelece a ordem das atividades a serem executadas, como a descarga e o deslocamento dos caminhões até a prateleira correta.

Vale destacar que os lotes de produtos contam inclusive com etiquetas que acionam sensores capazes de efetuar baixas automaticamente quando os itens entram no estoque. Eles alertam à medida que as mercadorias são enviadas aos consumidores, portanto é possível saber em que etapa cada remessa se encontra, o momento que foi enviada e quando a entrega será efetuada.

Mudanças

A indústria 4.0 não é somente uma tendência, mas nossa atual realidade. Para se destacar dos concorrentes, é fundamental investir em novos meios tecnológicos, desenvolvendo processos e equipes com elevado potencial de análise. Assim, é preciso adotar sistemas na nuvem para elevar e eficácia e os diferenciais competitivos de sua marca.

A logística é diretamente impactada por essas transformações. Se antes era recorrente manter enormes estoques (e correr o risco de sofrer perdas elevadas por conta dos prazos de validade e das dificuldades de armazenamento), atualmente deve-se aplicar a gestão inteligente para reduzir as adversidades.

Confira as melhores dicas para aplicá-la na empresa

Para adotar esse novo conceito tecnológico, primeiramente é fundamental que toda a cultura organizacional seja transformada, com o propósito de que a tecnologia domine a conexão entre a empresa e seus consumidores.

Todos os funcionários devem estar engajados e capacitados para o novo objetivo de trabalho. Além disso, alguns aspectos precisam ser levados em conta na hora de implementar a ferramenta logística na empresa. Veja algumas sugestões para obter sucesso com a logística 4.0!

Revise e mapeie os processos de trabalho

Para se adequar a uma logística que é tão eficaz e conectada, mudanças corporativas são essenciais. As instituições que apresentam processos obsoletos, insistindo em modelos completamente manuais e analógicos de gestão, podem ter dificuldades de adaptação a essa nova fase.

Para o gestor que pretende alavancar os resultados do seu negócio, é primordial que os processos de trabalho sejam revisados e conhecidos. Todos eles devem ser aperfeiçoados e automatizados o máximo possível.

Invista na comunicação com os embarcadores

Devido à rapidez cada vez maior da demanda dentro do contexto da logística 4.0, não é mais possível aceitar trocas de informações de pedidos, ocorrências sobre transportes ou fretes por e-mail e lançamento manual de dados em sistemas.

Nesse sentido, o ideal é apostar em inovações tecnológicas que sejam capazes de interagir com os embarcadores, transportadores e demais parceiros. Assim, será possível reduzir os índices de retrabalho, diminuir os gastos e minimizar as falhas humanas.

Logo, a integração é essencial para adotar práticas logísticas mais modernas em um negócio. Isso porque a conectividade ajuda a gestão e favorece o controle completo dos processos.

Utilize a mobilidade em benefício da organização

Quando os motoristas da empresa usam aplicativos para registrar ocorrências de transporte, o empreendedor e os clientes são notificados a respeito de cada evento ocorrido durante o percurso. Além disso, os melhores caminhos podem ser escolhidos com facilidade, considerando a situação das estradas e a segurança.

Os gestores também ganham múltiplas vantagens com a mobilidade, visto que os aplicativos integrados ao Sistema de Gestão de Transportes fornecem dados sobre a situação financeira e operacional da transportadora ou do operador logístico em tempo real.

Deu para perceber como a logística 4.0 é parceira de um trabalho eficiente e pode potencializar seus resultados, certo? A novidade não é uma previsão para o futuro, mas uma realidade inegável, que deve ser aproveitada ao máximo pelo empreendedor.

E então, o artigo foi útil para você? Quer continuar aprendendo sobre o assunto? Assine nossa newsletter e receba outros conteúdos relevantes diretamente na sua caixa de e-mail!