Logística, Tecnologia

Sistemas de armazenagem: conheça os 6 principais tipos

Em uma gestão de estoque eficiente, os gestores precisam buscar alternativas para agilizar a realização de atividades e otimização de processos. Uma alternativa válida é investir em sistemas de armazenagem, que compreendem métodos e ferramentas que visam facilitar a rotina e aprimorar resultados.

A seguir, vamos falar sobre alguns desses sistemas mais utilizados e qual a sua importância para o controle da armazenagem. Continue acompanhando e confira!

Tipos de armazenagens

Antes de mais nada, é importante avaliar os tipos existentes de armazenagem para definir qual é o melhor para sua empresa:

  • Armazenagem própria: a empresa armazena a mercadoria e administra sozinha o estoque.
  • Armazenagem terceirizada: uma empresa parceira é contratada para realizar todo o processo de armazenagem, do atendimento ao processo de expedição.
  • Armazenagem contratada: a empresa aluga um local de armazenamento para seu estoque.

Qual é a importância dos sistemas de armazenagem para sua empresa?

O sistema de armazenagem auxilia na organização e no controle dos materiais armazenados na empresa, o que garante um melhor aproveitamento do espaço, podendo incluir mais produtos no estoque, reduzir as chances de erros e otimizar a cadeia logística.

Além dessas questões, por ajudar na organização, o sistema de armazenagem faz com que os funcionários saibam onde está cada produto, o que agiliza o processo de movimentação de mercadoria e aumenta a segurança contra acidentes por armazenagem indevida.

Por conta da organização e da segurança, o sistema acaba reduzindo a probabilidade de perda de materiais e, consequentemente, auxilia na redução de custos e traz ganhos de imagem para o negócio.

Quais são os principais sistemas de armazenagem existentes no mercado?

1. Sistema WMS

O WMS — sigla para Sistema de Gerenciamento de Armazém, em português — é um software de gestão que permite as seguintes tarefas: automatização dos processos da área de estoques, otimização do espaço disponível para armazenagem, melhor controle das movimentações, dos níveis de reposição, gestão de inventários, entre outras.

Ou seja, trata-se de um sistema inteligente, que não se limita ao registro dos dados, auxiliando no planejamento e no processo de tomada de decisão.

2. Racks

Os racks são estruturas de metal muito utilizadas para otimizar espaços nos estoques. Estes permitem verticalizar o armazém, de forma que mais itens sejam armazenados utilizando o mesmo espaço disponível.

Sendo assim, é possível empilhar os paletes com mercadorias, de forma segura, evitando avarias nos materiais e, consequentemente, prejuízos financeiros.

3. Mezanino

Assim como no caso dos racks, o mezanino permite a verticalização dos estoques. Em resumo, o mezanino pode ser definido como uma elevação — como se fosse um “segundo andar” — que pode ser utilizado para a estocagem dos itens, tanto nele, quanto embaixo dele.

A principal vantagem que o mezanino oferece é a possibilidade de usar prateleiras nesse espaço, para otimizar ainda mais o processo de estocagem.

4. Sistemas de armazenagem carrossel

Os sistemas tipo carrossel são compostos por estantes, formadas com prateleiras que deslizam horizontalmente até as áreas de trabalho. São utilizados em empresas de diversos segmentos e permitem armazenar uma série de produtos que podem variar entre caixas, pneus e roupas, entre vários outros.

As principais vantagens do carrossel são a fácil instalação e a redução de custos proporcionada pela substituição de máquinas e equipamentos utilizados no transporte desses materiais.

5. Porta-paletes

Os porta-paletes são estruturas de aço que também permitem a verticalização do espaço de armazenamento. Como o nome sugere, são utilizados para a armazenagem de paletes e suportam itens mais pesados. Esse sistema requer a utilização de empilhadeiras para alcançar as estruturas superiores.

Como as locações são unitizadas, a localização e a movimentação dos paletes é facilmente realizada, além de poder ser feita de forma simples, sem que seja necessário movimentar outras cargas para isso.

6. Flow rack

O flow rack é uma estrutura, normalmente feita de metal, utilizada no armazenamento de itens leves e pequenos. Suas prateleiras são dispostas de forma inclinada para que as caixas possam ser deslizadas. 

A principal vantagem é a reposição, visto que pode haver mais de uma caixa por unidade e, quando determinado item se esgota, a caixa na parte de trás pode ser utilizada, sinalizando que é necessário repor aquele material.

Como escolher o sistema de armazenagem ideal?

Existem diversos sistemas de armazenagem, cada um com suas características, vantagens e desvantagens. Em um estoque é possível encontrar mais de um deles. 

Para escolher o sistema de armazenagem correto para sua empresa, é necessário verificar quatro pontos relevantes. Assim, é possível decidir qual modelo vai ser mais apropriado e que vai condizer com o negócio da sua empresa. Veja:

  • O primeiro passo é entender seu estoque e espaço de armazenagem, baseando-se, por exemplo, na quantidade, volume, tipo de mercadoria armazenada, qual é a dificuldade que a empresa tem para realizar a armazenagem e, a partir disso, definir qual seria o melhor sistema para otimizar a estratégia logística da empresa.
  • Por serem sistemas diferentes, após verificar o que o seu negócio precisa suprir nessa área, fazendo estudos e testes, é preciso analisar os custos que a empresa pode ter com substituição de equipamentos e do maquinário, assim como com possíveis imprevistos. Também é importante verificar o valor do sistema, de preferência escolhendo o que está de acordo com o perfil do negócio para não prejudicar as mercadorias.
  • Para realizar a implementação do sistema de armazenagem, é importante ressaltar que a empresa deve focar na produtividade e em como o sistema pode ampliá-la. Além disso, deve-se gerar uma inovação para o negócio por meio de uma estratégia logística adequada, facilitando o dia a dia tanto da empresa quanto do cliente, pois isso reduzirá as avarias com os produtos armazenados.
  • Ao contratar um tipo de serviço de armazenagem, é preciso estudar os fornecedores disponíveis para realizar o trabalho, seu histórico, clientes e avaliações para não ter surpresas desagradáveis futuramente.

E então, suas dúvidas a respeito de sistemas de armazenagem foram esclarecidas? Devido a nossa expertise em transporte de carga multimodal, a Prestex é referência em variados segmentos, com cases de sucesso em logística expressa. Além disso, somos considerados uma das 3 melhores transportadoras emergenciais do Brasil com o atendimento de carga direcionada e de qualidade!