Logística

Indicadores logísticos: como o net shipping cost pode ajudar a ter preços mais competitivos?

Utilizar indicadores logísticos para acompanhar o nível de qualidade dos serviços da empresa é essencial para o sucesso de qualquer negócio. Essas ferramentas permitem a identificação de gargalos e outros fatores que acabam limitando a performance das atividades e prejudicam a competitividade da marca.

Indicadores logísticos
Indicadores logísticos

Todavia, é importante que o gestor conheça detalhadamente a realidade do empreendimento para que possa estabelecer os KPIs corretos com o intuito de mensurar os processos e a rotina de trabalho das equipes.

Trabalhar com indicadores logísticos pode fazer muita diferença no final de cada ciclo. Desse modo, para ajudar o seu negócio, destrincharemos neste artigo o Net shipping cost, uma das métricas mais importantes na logística. Continue a leitura e confira!

O que é o net shipping cost?

Traduzido como Custo Líquido de Transporte, o Net shipping cost é um KPI que calcula o valor da operação, considerando aspectos como embalagem, envio e armazenamento. O objetivo é fazer com que a empresa não perca dinheiro e consiga aproveitar corretamente os seus investimentos.

Como a movimentação de mercadorias é uma das atividades essenciais dentro da logística, o NSC passa a ser uma métrica essencial para o negócio. Assim, quando há um acompanhamento desse KPI, o gestor consegue economizar nos valores do transporte, o que permite investimentos futuros em outras atividades, a fim de aumentar a qualidade do serviço e a satisfação dos clientes.

Qual a importância desse KPI para a logística

A concorrência acirrada é uma das realidades do mercado atual, em todos os setores. Com a expansão da internet várias barreiras foram quebradas: limites geográficos que antes impediam as empresas de atuar em outros locais, foram superados.

Nesse novo cenário, somente os empreendimentos que trabalham de forma analítica, mensurando e acompanhamento suas etapas. Por isso conseguem se destacar e oferecer serviços de maior qualidade, sem prejudicar a saúde financeira do negócio.

Adotar o Net shipping cost na rotina da empresa, assim como outros KPIs, é avaliar constantemente os custos de atividades primordiais para a organização e poder realizar comparativos com números concretos.

Essa é a maneira mais segura para que o gestor tome suas decisões, melhore os serviços e reduza os custos.

Medindo o valor do transporte, por exemplo, a empresa tem a ferramenta perfeita para equilibrar os gastos com essa atividade primordial. Ao mesmo tempo em que repassa valores verdadeiros para os seus clientes, evitando exageros ou preços que representem quaisquer prejuízos.

O que você deve considerar na hora de calcular o Net shipping cost?

Como vimos, para medir corretamente o Net shipping cost você deve considerar alguns fatores que influenciam no valor do transporte. Saiba mais!

Embalagem

Em uma operação de movimentação de carga, as embalagens não são apenas os itens que acompanham os produtos com as informações e rótulos pertinentes. Todo e qualquer material utilizado para acomodar e proteger os produtos são considerados embalagens.

De acordo com a quantidade e o tamanho da carga enviada, o preço desses itens pode variar bastante, diminuindo ou aumentando o custo final do transporte.

Envio

O envio é basicamente o preço praticado por cada transportadora para levar e entregar a respectiva carga. Nesse ponto, o mais correto é pesquisar pela empresa mais competente para garantir um serviço de melhor qualidade.

Porém, atenção: o menor preço não significa o melhor para o seu negócio. Você já deve saber disso, mas o nível de um serviço não se mede apenas pelo valor cobrado.

No entanto, como gestor logístico, é preciso entender que transportar mercadorias demanda custos. E se uma empresa está oferecendo um valor abaixo da média do mercado, há grandes chances de cuidados e etapas importantes não estarem sendo cumpridas.

Utilize softwares inteligentes para fazer cotações dinâmicas e com fatores iguais. Porém, acima de tudo, considere sempre o custo-benefício antes da decisão.

Manuseio e Armazenagem

Por fim, para saber quanto toda a operação da movimentação da carga custa para a sua empresa. Você deve calcular o tempo investido pela equipe de trabalho para deixar o pedido pronto para a entrega e somar com a hora paga para cada funcionário.

E não só isso, os custos de armazenagem também devem entrar na conta, ou seja, o tempo que a mercadoria fica armazenada no depósito também precisa ser calculado.

Como fazer o cálculo do Net shipping cost?

Com todos os números das etapas anteriormente citadas em mãos, você já está pronto para calcular o NSC. E a fórmula é a seguinte:

Net shipping cost = Custo do transporte – Preço do transporte = X%                                                                   _________________________________

Valor Receita Bruta

O resultado dessa equação é o valor total que você gasta com a operação do transporte. Com isso, a empresa consegue saber se o sistema escolhido está sendo vantajoso para o negócio.

Como essa métrica auxilia na redução de custos?

Sendo uma métrica que acompanha diferentes processos, o NSC pode ajudar muito no controle de gastos de uma empresa. Entenda!

Monitoramento de etapas

Com o Net shipping cost, o gestor monitora todas as etapas de uma operação de carga. Com isso, ele pode verificar gargalos e entender quais processos estão sendo mais custosos para a empresa.

Isso facilita a tomada de decisões e permite que medidas sejam aplicadas sem prejudicar a operação como um todo, ou seja, é possível otimizar atividades e diminuir os gastos de forma mais racional e pontual.

Incentivo às negociações

O Net shipping cost incentiva o gestor a buscar os melhores preços e serviços mais qualificados na hora do transporte das mercadorias. Isso é importante, pois ele se sente mais motivado a negociar com as outras empresas, buscando uma melhor opção para todos.

Com isso, é possível garantir um serviço de melhor qualidade e suporte, mas que não pese no orçamento final do negócio.

Trabalho com preços dentro da realidade

A partir do conhecimento sobre os valores trabalhados dentro de cada etapa. O gestor passa a ter melhor controle sobre os preços praticados pela própria empresa. Com o resultado final da métrica, ele terá informações concretas para saber se os valores apresentados para os clientes e parceiros condizem com a realidade do mercado.

Enfim, esses foram os principais pontos sobre o Net shipping cost, um dos mais importantes indicadores logísticos. O acompanhamento de métricas pode fazer muita diferença na qualidade do serviço da empresa e no relacionamento com o cliente. Por isso, é essencial que o gestor logístico identifique os KPIs ideais para analisar os resultados do seu negócio.

Quer saber sobre outras métricas e assuntos importantes do mundo logístico? Assine a nossa newsletter e acompanhe todas as nossas novidades!