Transporte rodoaéreo

Apesar do extenso território brasileiro, entre a imensa faixa litorânea e seus relevos acidentados, as estradas compõem a principal malha logística do país. São quilômetros de rodovias que interligam todos os seus 26 estados e que pulsam a maior economia do continente.

Além disso, a disposição de centenas de aeroportos contribui, ainda mais, para a ligação dessas regiões. Por esse motivo, o Brasil se torna, a cada ano, uma referência no transporte rodoaéreo. Inclusive, vem servindo de exemplo de eficiência para o mundo.

Quer saber como funciona esse modelo, suas vantagens e porque, cada vez mais, empresas investem nele? Então, continue a leitura e tome nota das próximas dicas.

O que é o transporte rodoaéreo?

Rodoaéreo, para os mais íntimos. Certamente, o termo mais utilizado é transporte multimodal — que é o modelo que se caracteriza pela melhor articulação de diferentes modais. Possui com o intuito de garantir mais rapidez, segurança e eficácia nos processos de transbordo. Ou seja, a ideia é que se utilize todos os possíveis meios de transportes disponíveis para a mesma entrega, de acordo com as necessidades em questão.

Por motivos da infraestrutura logística brasileira, aqui no país, esse modelo se baseia no transporte rodoaéreo (terrestre + aéreo), tendo em vista que modais ferroviários e hidroviários ainda precisam expandir para atender o território todo. No entanto, esse conceito atende perfeitamente às necessidades do Brasil e, inclusive, consegue atender a praticamente todas as demandas nacionais, com muita eficiência, rapidez e segurança. Veja mais e entenda melhor!

Quais as vantagens de um transporte rodoaéreo?

Não se trata apenas de optar por um serviço essencial. O modelo multimodal tem suas características e, cada vez mais, conquista seu espaço no Brasil — que ainda engatinha no assunto, quando comparado aos Estados Unidos e a Europa. Porém, é uma questão de tempo para o transporte rodoaéreo se tornar o principal modelo de logística nacional, conectar empresas e gerar novos negócios.

Se você já quer sair na frente, confira algumas das principais vantagens da multimodalidade.

Otimização dos processos

Em tempos de tecnologia, praticidade é a chave de qualquer negócio. Ninguém quer enviar um produto de São Paulo à Rondônia, por exemplo, e ter que correr atrás de diferentes transportadoras, negociar preços, se preocupar com o lead time, entre outros assuntos que sempre permearam o modelo logístico brasileiro.

É por essas e outras que o transporte multimodal passa a substituir, gradativamente, o intermodal no país. Afinal, a principal diferença entre os dois está ligada à otimização dos processos e à qualidade no serviço prestado. Ou seja, com a opção de um transporte rodoaéreo (multimodal), sua empresa fecha com uma única parceira, que se tornará a única responsável pela entrega.

Redução de custos

Seguindo a linha de raciocínio do tópico anterior, ao ter um só responsável por todos os transportes utilizados, a probabilidade de os custos reduzirem é grande. Sendo assim, o transporte rodoaéreo no Brasil passa a ser visto com uma opção, muitas vezes, mais econômica e viável para diversas empresas.

Portanto, optar por esse modelo pode não somente impactar em uma importante economia no seu orçamento logístico, como também servir de estratégia de precificação ou vantagens comerciais de seus produtos.

Agilidade e rapidez

Nada mais eficiente para uma entrega do que ela seguir de avião, concorda? É a certeza de não enfrentar trânsito, evitar sinal vermelho ou qualquer imprevisto que outros modais estão sujeitos. Afinal, cumprir prazos é um fator imprescindível para o sucesso de qualquer negócio, independentemente do segmento.

Contar com uma garantia de que seu pedido estará no destino — no dia e na hora exata — é um excelente diferencial para o atendimento prestado pela sua empresa. E é também um ponto fundamental para levar em consideração na hora de definir o modelo logístico do seu negócio.

Segurança

Além de promover mais proteção e integridade das mercadorias, o conceito de multimodalidade garante uma maior responsabilidade sobre a entrega.

Ao utilizar diferentes transportadoras e contratos, automaticamente, a responsabilidade pelo produto é transferida para cada empresa e a cada trajeto. Isso prejudica o controle da entrega e dificulta em manter um padrão de qualidade. Consequentemente, afetando a questão da segurança da carga.

Rastreamento

Em tempos modernos, não dá para ficar à mercê de ligações para acompanhar a entrega de sua empresa. Com o transporte multimodal, você pode contar com sistemas modernos e integrados para rastrear a sua carga. Independentemente, inclusive, de qual seja o meio de transporte utilizado ou região.

Algumas empresas mais preocupadas com a qualidade do atendimento e suporte aos parceiros, chegam a desenvolver aplicativos e sistemas de rastreamento, em tempo real. Dessa forma, é possível acompanhar todo o trajeto, estipular previsões e garantir uma comunicação mais eficaz com os clientes sobre o posicionamento da carga.

Por que o transporte rodoaéreo é o mais indicado no Brasil?

Atender com eficiência e qualidade em um país com dimensões continentais como o Brasil é praticamente impossível sem o transporte rodoaéreo. Tendo em vista todos os fatores geográficos e a infraestrutura brasileira. Esse modelo logístico, sem dúvidas, é o mais recomendado atualmente. Então,  por isso, conquista cada vez mais espaço entre as empresas que enxergam as oportunidades.

Além disso, a associação de diferentes modais de transportes reduz custos, otimiza processos, minimiza a burocracia. E, por fim, aumenta a competitividade dos produtos e serviços das organizações.

Enfim, essas foram as nossas dicas sobre o transporte rodoaéreo e como ele vem se tornando a melhor opção para o Brasil atualmente. Com toda a certeza, optar por um modelo multimodal é uma ação inteligente e que tende a trazer inúmeros benefícios para o seu negócio. Lembre-se que logística não é somente custo ou necessidade das empresas. Quando bem planejada e estruturada, ela se torna uma excelente estratégia e um grande diferencial para a companhia.

Gostou do post? Quer mais algumas dicas sobre o mercado de entregas e suas principais novidades? Então, não deixe de conferir, também, nosso outro post sobre o Top do Transporte, a maior premiação do setor logístico do Brasil. Boa leitura e bons negócios!