Evitar atrasos na entrega de mercadorias é essencial para manter a excelência nos serviços de uma empresa logística. O sucesso dessa atividade reflete não somente nos resultados financeiros, mas também na credibilidade da marca diante dos clientes.

7 dicas valiosas para preparar a carga e evitar atrasos na entrega

Com a internet e a facilidade de obter informações atualmente, pecar em processos que prejudicam diretamente o cliente, sendo assim o final pode ser fatal para qualquer negócio.

Então, se você quer otimizar a sua operação e se destacar no mercado, confira sete dicas valiosas para preparar a carga e evitar atrasos nas entregas. Boa leitura!

1. Faça um planejamento logístico eficiente

Independentemente do setor de atuação, nenhuma empresa consegue prestar seus serviços com eficiência se não fizer um bom planejamento. Na entrega de mercadorias, a dificuldade tende a ser ainda mais evidente.

A logística em si é um processo de planejamento, execução e controle de uma operação maior, envolvendo várias etapas, dentre as quais:

Ou seja, criar um planejamento logístico eficaz faz parte da essência dessa área. Todo gestor de logística entende que é preciso trabalhar toda a estrutura disponível do negócio para otimizar um processo, como a entrega de mercadoria.

Para isso, é importante ficar atento a alguns fatores particulares. Como os períodos de grande movimentação no armazém, as causas de filas de veículos, a capacidade operacional, etc.

É com esse estudo prévio que a empresa garante máxima eficiência em todas as etapas e, ainda, identifica as expectativas dos clientes quanto aos serviços oferecidos.

2. Deixe as notas fiscais prontas antes do dia do despacho

Realizar tarefas com antecedência é sempre a melhor solução para alcançar os resultados esperados. Quando se trata de entregas, uma empresa não pode ser dar ao luxo de contar com a sorte ou competência alheia. É preciso manter a organização interna. Por isso, tudo que depende do seu negócio para impedir os atrasos na entrega deve estar sempre organizado e pronto.

Um elemento indispensável em qualquer operação de entrega é a nota fiscal. Independentemente do tipo de produto que será transportado, logo após é preciso que esse documento acompanhe a carga. Ela é a garantia de que o transportador não terá nenhum problema no caminho em relação a fiscalizações.

Entendendo essa obrigatoriedade, é inteligente por parte da sua empresa providenciar o documento antes da data do despacho. No dia da operação, esse detalhe pode fazer muita diferença.

Além da nota fiscal, todas as medidas de segurança devem ser seguidas durante o transporte. Por isso, antes de contratar uma transportadora, tenha em mente todas as informações referentes a elas. Por exemplo:

  • comprimento da embalagem;
  • altura, peso e largura;
  • particularidades.

Faça as medições considerando sempre a embalagem do produto, pois é ela que ocupará de fato o espaço no veículo.

3. Estipule prazos realistas e deixe uma sobra de segurança

A alta concorrência é uma realidade do mercado mundial. Com a popularização da internet e a globalização, empresas de diferentes lugares passaram a disputar os mesmos territórios, pois a comunicação se tornou muito mais eficiente.

Em busca de se destacar, muitas marcas fazem promessas que não podem cumprir, resultando em atrasos na entrega e descontentamento por parte dos clientes. Isso é um grande erro. Iludir o usuário com falsas promessas pode ter consequências muito negativas.

Por causa disso, se há necessidade de um preparo diferenciado na carga a ser transportada ou se a operação depende da participação de terceiros. Considere essas circunstâncias antes de estipular os prazos. Acima de tudo, trabalhe sempre dentro das condições e da realidade do seu negócio.

4. Tenha uma boa comunicação interna

A boa comunicação é o segredo do sucesso de muitas empresas. Na logística, o compartilhamento de informações é fundamental. No processo de entrega mais ainda, pois, sem uma comunicação clara, é praticamente impossível alinhar as equipes e dinamizar a operação.

Como explicamos, esse trabalho envolve um grande planejamento que depende da participação conjunta para que os resultados sejam alcançados. Desde o fechamento da venda até a entrega do produto para o cliente, tudo precisa estar alinhado.

Resumindo: o planejamento somado a uma comunicação bem trabalhada é o que facilitará a tomada de decisões caso haja imprevistos durante o trajeto da mercadoria, por exemplo. Quanto mais rápido a informação chegar, maiores serão as chances de reverter a situação.

5. Tenha um bom controle de estoque

Sem um bom controle de estoque, o processo de entrega não pode nem mesmo ser iniciado. Afinal, você não pode entregar algo que não tem. É um processo cíclico, a equipe A depende dos resultados da equipe B e vice-versa.

Não há mágica, é a partir da atualização do estoque que as vendas são realizadas e as entregas, agendadas. Sem uma quantidade mínima de mercadorias disponíveis para os compradores, deste modo as outras atividades basicamente são paralisadas.

Caso o cliente adquira uma mercadoria que não esteja no estoque, com certeza haverá atraso. É algo que não pode ocorrer em nenhuma empresa. Além de toda a frustração, uma situação como essa resulta em uma má experiência para o cliente, abrindo brechas para a concorrência.

6. Faça o acompanhamento das entregas

A tecnologia oferece grandes vantagens para toda empresa que se preocupa em cumprir seus prazos de entrega. Com as ferramentas corretas é possível acompanhar em tempo real o trajeto das cargas transportadas.

Por meio desse monitoramento, você tem dados instantâneos sobre a localização do veículo, assim como informações sobre eventuais imprevistos. Isso é importante para que planos de emergência sejam colocados em prática rapidamente ou para informar ao cliente sobre mudanças de prazos, por exemplo.

Radiofrequência, GPS e computadores de bordo são algumas das tecnologias utilizadas nesse tipo de rastreio. Se a ideia é terceirizar a entrega, priorize empresas que ofereçam esse diferencial, melhorando a segurança do transporte e aumentando a confiança do cliente nos seus serviços.

7. Conte com bons parceiros logísticos

Como explicamos, você deve garantir que todas as suas responsabilidades estejam em dia para evitar os atrasos na entrega. Porém, para não correr riscos, é importante também contar com bons parceiros logísticos. Estabelecer uma boa relação com outras empresas facilita bastante a negociação de contratos, assim como a definição de prazos.

Mas, antes de escolher o parceiro ideal, pesquise sobre o histórico de cada empresa, a capacidade da estrutura, os pontos fracos, os pontos fortes, etc. Não considere o preço como principal fator, sempre leve em conta o custo-benefício na hora de se decidir.

Enfim, essas foram as nossas dicas para garantir a máxima eficiência nas suas operações e evitar atrasos na entrega de mercadorias. Como explicamos, o cumprimento do prazo depende de um trabalho diferenciado da sua empresa e do parceiro logístico. Por isso, prefira empresas com expertise no assunto e que trabalhem com transporte multimodal, porque asseguram a entrega em qualquer situação.

Continue com a gente e confira o nosso artigo sobre entrega expressa.