O mercado muda muito rápido, mas poucos imaginavam uma guinada desse jeito. A partir de orientação da Organização Mundial da Saúde – OMS, o distanciamento social vem fazendo parte da vida de milhões de pessoas em todo mundo.

No Brasil e nos negócios, não é diferente. Seguindo o propósito de não deixar o país parar, na última semana, a Prestex efetuou a transferência de quase 10 toneladas de material de São Paulo para o norte do Brasil. Uma operação de altíssima complexidade, que contou com a participação de mais de 50 profissionais, o fretamento exclusivo de um Boeing 737 cargueiro e cerca de 1000 km de transporte rodoviário, em escolta fortemente armada, pela BR-230, também conhecida como Rodovia Transamazônica.

Além dos cuidados já habituais, a empresa de logística multimodal, reforça as medidas de segurança e higiene. contribuindo para a contenção do quadro pandêmico no Brasil. A saúde e o bem-estar dos envolvidos na cadeia são prioridade da Prestex, que busca na tecnologia e na inovação os antídotos para mitigar os impactos negativos do novo Coronavírus aos seus clientes. “Em momentos difíceis como o que vivemos, é preciso criatividade, experiência e uma boa pitada de ousadia”, destaca Rodrigo Lizot, CEO da Prestex.