Transformação digital: os benefícios na logística para a indústria

A indústria 4.0 simboliza a Quarta Revolução Industrial, que é resultado direto da transformação digital. Ela possibilitou a adoção da automação e tecnologia da informação nos processos industriais – entre eles, os de logística. A logística para a indústria conta com diversos recursos tecnológicos. Eles têm contribuído substancialmente para o aperfeiçoamento das operações industriais e, consequentemente, para a satisfação do cliente.

Assim, veja as principais transformações digitais que influenciaram. E mais: os que influenciarão ainda mais os processos logísticos da indústria no futuro. Boa leitura!

A transformação digital nos processos logísticos da indústria e seus benefícios

Ciência de Dados

Uma importante contribuição da transformação digital para a logística da indústria foi a Ciência de Dados. Como o próprio nome sugere, essa ciência consiste no levantamento de dados que devem ser interpretados com o intuito de otimizar os processos de uma indústria. 

Por exemplo: por meio do acompanhamento sistemático e prolongado dos dados relacionados à demanda de um produto, é possível prever e planejar toda a produção da mercadoria. Assim, o setor responsável pela aquisição de matérias-primas e insumos sabe de modo mais preciso a quantidade de materiais de que necessita. Desse modo, não comprar nem muito mais e nem muito menos do que o necessário.

Além disso, os gestores também conseguem prever e planejar com mais precisão todo o processo de logística de entrada, saída, armazenamento e logística reversa dos produtos. Isso garante mais economia e eficiência do processo.

Internet das coisas

A Internet das Coisas, ou como também é conhecida “Internet of Things” (IoT). É um conceito que se refere à integração de diferentes tecnologias via internet. Por meio dessa integração, é possível que os diferentes recursos tecnológicos compartilhem dados entre si e possam operar de forma automática e harmônica.

Aplicado à logística para a indústria, a internet das coisas auxilia em processos de monitoramento de cargas. Além do controle de rotas de veículos, gestão de rotas otimizadas, entre outras possibilidades.

Inteligência Artificial

Outra importante transformação digital aplicada à logística para a indústria é a Inteligência Artificial (IA). Por meio dela, aliada à internet das coisas, é possível executar de forma automática os processos destacados acima. 

Desse modo, enquanto a IoT integra os diferentes recursos tecnológicos por meio da conexão à Internet. A IA trabalha com algoritmos que aprendem a executar tarefas de forma automática, sem necessitar serem programados para isso.

Sistemas de gestão integrada

Por meio dos softwares de sistema de gestão integrada, é possível que todos os envolvidos no processo industrial possam estar a par do desempenho dos processos automatizados. Ao mesmo tempo, possibilita visualizar todas as informações necessárias sobre o negócio, independentemente de onde estiverem. Além disso, esses sistemas podem ser compartilhados com fornecedores e clientes, de modo a proporcionar mais segurança e eficiência nos processos logísticos.

Cloud computing

Essa transformação digital, que também é conhecida como computação em nuvem, permite que todos os dados gerados sejam armazenados com mais segurança. Isso tudo de maneira mais facilitada em um servidor remoto, denominado “nuvem”.

Nesse sentido, essa tecnologia auxilia no bom desempenho das demais. Tendo em vista que, atualmente, são gerados muitos dados e as pessoas atuam à distância, necessitando da computação em nuvem para acessar determinados dados. Existem diversos benefícios do cloud computing para a logística.

Logística para a indústria de transformação

A Prestex é uma empresa brasileira de logística rodoaérea que atua em todo o território nacional, oferecendo soluções completas em cargas emergenciais. Atualmente, atendemos mais de 5 mil clientes em todo o País. Portanto, entre em contato e conheça mais sobre as nossas vantagens e condições.