Pode parecer um nome não muito comum para um sistema de coletas programadas, porém, o Milk Run, traduzido para o português como Corrida do Leite, segue a essência do sistema de coleta diária do leite nas propriedades produtoras dos EUA.

motivos para implantar o sistema milk run

Assim, apesar de representar, inconscientemente, um processo ultrapassado e muito simples, o número de empresas que aderem a este sistema de logística é maior a cada ano que passa.

Funcionamento do sistema Milk Run

Basicamente, o MR funciona da seguinte forma: um único meio de transporte realiza a coleta em cada um dos fornecedores, respeitando o trajeto estratégico e os horários pré-estabelecidos, planejados com antecedência. Então, depois de concluída a coleta, o operador retorna ao destino final com o material a ser entregue.

Muito utilizado pela indústria automobilística, este sistema consiste em realizar a coleta de forma programada dos materiais a serem utilizados na indústria.

Diferente da forma tradicional de logística, onde é o fornecedor quem realiza a entrega do seu material para o cliente. Assim, para que o processo logístico funcione com eficácia, é necessário que cliente e fornecedor estejam totalmente alinhados quanto às suas demandas e responsabilidades. Pois qualquer interferência na comunicação entre os agentes envolvidos pode ocasionar perdas financeiras significativas.

Motivos para implantar o sistema Milk Run

São inúmeras as vantagens que essa forma de coleta pode trazer para a empresa. Então, listamos as 7  principais vantagens para que você perceba a importância e o benefício da adoção do Milk Run:

  1. Redução nos gastos com frete;
  2. Aumento no giro do estoque;
  3. Diminuição do número de veículos na empresa;
  4. Redução de carregamentos inativos;
  5. Queda nos níveis de estoques nos fornecedores;
  6. Sistema Just in Time (JIT) entre fornecedor e empresa;
  7. Baixo índice de avarias no transporte.

Sistema Milk Run como estratégia logística

Produção, logística da empresa e logística dos fornecedores precisam colaborar entre si para que o desenvolvimento e a implantação do processo possa trazer resultados satisfatórios e não prejuízo à empresa. Pois o Milk Run é um sistema muito eficaz, mas caso não haja integração entre os setores envolvidos ele pode acarretar em graves consequências como:

  • Atrasos;
  • Conflitos com fornecedores;
  • Aumentos nas despesas.

Adotar o sistema Milk Run é uma estratégia muito importante, já que reduzir estoque significa ter mais dinheiro em caixa. Assim, essa é basicamente a proposta desse sistema, onde o estoque é reposto com mais frequência dispensando grandes investimentos em infraestrutura e equipe, diminuindo ainda desperdícios de materiais. Portanto, nesse sentido, bons planejamento logísticos farão toda a diferença.

Então, sua empresa já utiliza o sistema Milk Run? Compartilhe sua experiência conosco por meio dos comentários!