aplicações da tecnologia mobile na logística

A aplicação da tecnologia nos processos logísticos tem sido cada vez maior e mais frequente — até mesmo do que em outros setores de uma empresa. Inclusive, esses avanços, sejam de investimentos em software ou em aplicações mobile, contribuem para maior controle da operação e atualização cada vez mais rápida das informações.

Então, no artigo de hoje vamos falar sobre a tecnologia mobile na logística: o que é e quais são suas aplicações práticas. Quer aprender um pouco mais sobre esse assunto? Continue conosco!

O que é a tecnologia mobile?

Podemos dizer que tecnologia mobile é toda tecnologia que possibilita sua utilização pelo usuário, a qualquer momento, em qualquer lugar, inclusive durante a sua locomoção.

Entretanto, essa tecnologia se tornou muito popular com a utilização de smartphones e tablets, bens de consumo que hoje são acessíveis a grande parte da população.

Quais são as aplicações da tecnologia mobile na logística? Então, o uso da tecnologia mobile pode contribuir para um fluxo de informações mais contínuo e confiável em aplicações logísticas, fazendo com que as trocas sejam feitas em tempo real e contribuindo, consideravelmente, para o aumento da competitividade de sua empresa.

Portanto, entre as principais aplicações da tecnologia mobile na logística, podemos citar:

1. Comunicação

Como dissemos, por meio da tecnologia mobile na logística, é possível manter um fluxo de informações contínuo e em tempo real. Assim sendo, é possível reportar situações de atrasos e imprevistos, como, por exemplo, a retenção de veículo em postos fiscais ou bloqueio de estradas por acidentes — e contribuir para que alternativas e soluções sejam buscadas.

2. Geolocalização

O rastreamento e a localização de cargas já são utilizados por muitas empresas, mas a tecnologia mobile na logística contribui para melhorar ainda mais a comunicação e, assim, as possibilidades de acompanhar a carga aumentaram consideravelmente.

Pois, além de realizar o acompanhamento via GPS ou RFID*, é possível que, com o motorista equipado com algum dispositivo — smartphone ou tablet — seja feito o acompanhamento em tempo real do status de cada transporte. Então, isso permite que seus clientes possam acompanhar, também em tempo real, a situação de seus pedidos.

3. Treinamentos

Treinar motoristas é sempre muito complicado, tendo em vista que é necessário interromper toda uma rotina de viagens para que eles estejam disponíveis.

Portanto, com a tecnologia mobile na logística, é possível criar programas de treinamento em que os colaboradores possam ser treinados sem que, necessariamente, seja preciso parar um dia de trabalho.

4. Controle logístico

É impossível gerir uma logística otimizada sem que haja controles, realizados por meio de indicadores e cálculos. Assim a tecnologia mobile na logística permite que esse controle seja feito em tempo real e que os clientes passem a ter maior informação sobre o andamento de seus pedidos.

A tecnologia mobile já é utilizada por grande parte das pessoas e tem grandes contribuições para as empresas — no que diz respeito a melhoria de processos e diferencial competitivo.

Dessa forma, as empresas que se dispõem a fazer esse investimento conseguem visualizar, controlar e otimizar suas operações, além de transmitir maior confiabilidade e segurança para seus clientes.

Sua empresa já utiliza a tecnologia mobile? Compartilhe suas ideias e participe desta conversa!

*RFID: é uma etiqueta ou tag que utiliza transponders (os quais podem ser apenas lidos ou lidos e escritos) nos produtos, como uma alternativa aos códigos de barras, de modo a permitir a identificação do produto de alguma distância do scanner ou independente, fora de posicionamento. Tecnologia que viabiliza a comunicação de dados através de etiquetas com chips ou transponders que transmitem a informação a partir da passagem por um campo de indução. (ex: muito usado em pedágio “sem parar”).