Logística

Aprenda o cálculo de cubagem aérea de cargas

Aprenda o cálculo de cubagem aérea de cargas

Em logística, o termo cubagem é amplamente utilizado para tratar de fatores de volumes específicos de cargas. Inclusive, seu cálculo é importante nesse setor para a otimização do transporte, considerando a melhor forma de conduzir materiais leves, pesados ou mistos a partir dos meios disponíveis.

A cubagem aérea é similar à dos demais meios de transporte, mas possui suas especificidades. Vamos entender como funciona a cubagem de forma geral, como ela se aplica a esse meio de transporte e como realizar o cálculo de cubagem aérea de cargas.

O que é cubagem?

A cubagem trata-se de uma grandeza que relaciona a massa e o volume das cargas, de forma a otimizar o seu transporte. Assim, a cálculo apropriado de cubagem permite a utilização do maior espaço possível destinado ao transporte que não exceda a capacidade de peso do veículo e também que este não saia muito pesado de sua origem com um pequeno volume ocupado.

Para que serve o cálculo de cubagem aérea de carga?

Uma das finalidades do cálculo de cubagem é definir o valor do frete de cargas leves e volumosas ou pesadas e pequenas de forma justa, tendo em vista que considera o peso e o volume da carga. 

Vamos supor que uma determinada empresa que oferece serviços de transporte calcule o valor do frete baseando-se apenas pelo peso. Isso poderá prejudicá-la financeiramente, pois uma carga leve pode dispor de um grande volume e ocupar todo o modal, necessitando de transporte exclusivo.

Além disso, o cálculo da cubagem também serve para auxiliar na conservação dos meios de transporte, uma vez que – mesmo que a carga não seja volumosa, possibilitando a acomodação de mais itens – ela pode ser pesada o suficiente para atingir a capacidade máxima do modal. 

Caso essa capacidade máxima não seja respeitada, o modal aéreo pode não suportar o peso da carga e ser danificado, colocando em risco a segurança do material transportado, do piloto e dos demais passageiros.

Vale destacar, ainda, que o cálculo de cubagem auxilia os operadores e gestores no planejamento e execução das estratégias logísticas, pois, ao considerar o peso e o volume, é possível saber com mais precisão quantas cargas cada modal pode transportar.

Quando a cubagem aérea de carga é solicitada?

A cubagem aérea que é regulamentada pela IATA – International Air Transport Association – é solicitada principalmente para o transporte de cargas leves e volumosas (colchões) ou pesadas e pequenas (eletrodomésticos).

Como a cubagem aérea de carga influencia o preço final do frete?

Como apresentado previamente, o cálculo da cubagem considera o peso e o volume da carga, a fim de que nenhuma variável se sobreponha a outra, no caso de cargas leves e volumosas ou pesadas e pequenas.

Resgatando o exemplo mostrado acima, se a empresa considerar apenas o peso para calcular o valor do frete, ela poderá sair prejudicada financeiramente, pois a carga pode ser leve, mas dispor de grande volume e ocupar todo o interior do modal, o que a caracterizaria como carga exclusiva.

Como realizar o cálculo de cubagem aérea de cargas

A forma de calcular a cubagem em transporte aéreo é simples e similar ao cálculo da cubagem de outros modais, exceto pelo fator de cubagem.

As dimensões de altura, largura e comprimento da caixa contendo a mercadoria devem ser multiplicadas para obtenção do seu volume, que por sua vez deve ser multiplicado pelo seu fator de cubagem, constante estabelecida para cada meio de transporte.

O fator de cubagem pode ser interpretado como sendo o peso ideal correspondente a um metro cúbico para ser transportado em determinado meio. Para transporte em caminhões, essa constante possui o valor de 300 e, no caso de aviões, é menor, correspondendo a 166,6.

Essa redução no fator de cubagem dos transportes aéreos em relação aos terrestres ocorre devido às características do meio, que consideram a maior fragilidade dos aviões.

Portanto, a fórmula para o cálculo do fator de cubagem é normalmente utilizada com a constante presente no divisor (6.000, substituindo de forma equivalente a multiplicação por 166,6) por se tratar de um número inteiro. A equação pode ser conferida a seguir:

PESO CUBADO (KG) = [ALTURA (CM) X LARGURA (CM) X COMPRIMENTO (CM)] / 6.000

Inclusive, é importante atentar-se ao fato de que as unidades nas dimensões incluídas na equação são em centímetros, e o resultado obtido para o peso cubado é em quilogramas, pois esse valor tenta estimar uma média de massa em virtude de suas características físicas, não representando exatamente o peso do produto.

No momento da contratação de serviços de transporte, é importante conferir se as taxas estão sendo calculadas com referência no peso real ou no cálculo de cubagem aérea de cargas.

A Prestex disponibiliza uma planilha para auxiliar no cálculo da cubagem. Confira!

Conheça as soluções da Prestex para a sua empresa

A Prestex atua há mais de vinte anos no Brasil e é especializada em logística B2B multimodal. 

Nossas soluções oferecem atendimento 24 horas via telefone, rastreamento full time, entrega porta a porta e confirmação de entrega.

Para conferir nossos diferenciais, entre em contato!