Logística

Aprenda o cálculo de cubagem aérea de cargas

cálculo de cubagem aérea de cargas

 

Em logística, o termo cubagem é amplamente utilizado para tratar de fatores de volumes específicos de cargas. Inclusive, seu cálculo é importante neste setor para a otimização do transporte, considerando a melhor forma de conduzir materiais leves, pesados ou mistos, aproveitando da melhor forma os meios disponíveis.

Então, a cubagem aérea é similar à dos demais meios de transporte, mas possui suas especificidades. Vamos entender como funciona a cubagem de forma geral e como ela se aplica a este meio de transporte.

O que é cubagem?

A cubagem trata-se de uma grandeza que relaciona a massa e o volume das cargas, de forma a otimizar o seu transporte. Assim, a cálculo apropriado de cubagem permite a utilização do maior espaço possível destinado ao transporte que não exceda a capacidade de peso do veículo e também que este não saia muito pesado de sua origem com um pequeno volume ocupado.

Um exemplo simples para a compreensão da importância deste fator pode ser visualizado considerando cargas de um material muito leve, que ocupe um grande volume no meio de transporte. Então, embora tenha um peso muito distante da capacidade máxima, necessitaria de uma viagem exclusiva, o que torna o fator de cubagem ideal para uma cobrança mais justa pelos serviços prestados.

Dessa forma, a otimização do transporte considerando a cubagem é importante tanto para quem transporta como também para o cliente, que paga algo mais condizente com o serviço solicitado.

Cálculo da cubagem aérea

A forma de calcular a cubagem em transporte aéreo é simples e bastante similar a como é calculado em outros meios.

Assim, as dimensões de altura, largura e comprimento da caixa contendo a mercadoria devem ser multiplicadas para obtenção do seu volume, e este multiplicado a um fator de cubagem, constante estabelecida para cada meio de transporte.

O fator de cubagem pode ser interpretado como sendo o peso ideal correspondente a um metro cúbico para ser transportado em determinado meio. Para transporte em caminhões, essa constante possui o valor de 300, e no caso de aviões, é menor, sendo estabelecido 166,6.

Essa redução no fator de cubagem dos transportes aéreos em relação aos terrestres se dá pelas características do meio, que considera a maior fragilidade dos aviões.

Portanto, a fórmula para o cálculo do fator de cubagem é normalmente utilizada com a constante presente no divisor (6000, substituindo de forma equivalente a multiplicação por 166,6) por se tratar de um número inteiro. A equação pode ser conferida a seguir:

PESO CUBADO (Kg) = [ALTURA (CM) X LARGURA (CM) X COMPRIMENTO (CM)] / 6.000

Inclusive, é importante atentar-se ao fato de que as unidades nas dimensões incluídas na equação são em centímetros, e o resultando obtido para o peso cubado é em quilogramas. Pois este valor tenta estimar uma média de massa em virtude de suas características físicas, não representando exatamente o peso do produto.

Aliás, no momento da contratação de serviços de transporte, é importante conferir se as taxas estão sendo calculadas com referência no peso real ou no valor de cubagem.

O que achou deste artigo? Deixe seus comentários e confira os serviços que a Prestex tem a oferecer para você!