Você já deve ter ouvido falar sobre os principais sistemas de gerenciamento de logística – mas sabe quais são as diferenças entre eles? 

Para esclarecer isto, descubra, a seguir, detalhes sobre os sistemas WMS, ERP e o gerenciamento da cadeia de suprimentos, além da importância do uso integrado dessas soluções para potencializar os seus resultados.

O que é WMS? 

O Warehouse Management System (WMS), também conhecido como sistema de gerenciamento de armazém, é um software que tem como objetivo realizar o controle, organização e gestão do setor de estoque. Portanto, dessa forma, as operações do armazém podem ser automatizadas e os profissionais conseguem localizar os produtos com rapidez.

Esse tipo de sistema tem diversos benefícios, como:

  • Mais agilidade na localização de itens; 
  • Otimização do local de armazenagem; 
  • Melhoria na produtividade; 
  • Controle na entrada e saída de produtos; 
  • Diminuição de erros. 

A integração do WMS com sistemas ERP possibilita o processamento de pedidos, emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e), devoluções e conexões com o setor financeiro – mas o que exatamente é o sistema ERP?

O que é ERP? 

A sigla ERP significa Enterprise Resource Planning. Ou seja, trata-se de um software capaz de gerenciar e integrar dados relativos a vários setores de uma empresa. Consequentemente, abarca os processos administrativos, gerenciais e operacionais. Dessa forma, o sistema ERP busca gerir e centralizar o fluxo de informações, permitindo aos administradores um acesso rápido, simples e confiável aos dados gerenciais.

Entre as principais vantagens do ERP, estão, por exemplo:

  • Otimização de processos com a automação e padronização; 
  • Diminuição dos custos; 
  • Melhorias contínuas no fluxo de caixa; 
  • Rápida disponibilidade de informações seguras; 
  • Mais controle sobre as operações do negócio.

Aprenda mais em: Conheça os 5 principais sistemas de gerenciamento de logística

Como um ERP contribui no gerenciamento da cadeia de suprimentos do seu negócio?

O gerenciamento da cadeia de suprimentos é o gerenciamento de dados, finanças e fluxo de mercadorias ligados a um produto ou serviço desde a aquisição de matérias-primas até a entrega ao consumidor final. Então, esse processo pode ser desafiador, pois certamente exige mais do que o trabalho de profissionais qualificados: é preciso haver uma integração entre as áreas envolvidas nesse gerenciamento, permitindo a eficiência no fluxo de informações.

Nessa conjuntura, o ERP pode atuar como um importante aliado para o gerenciamento da cadeia de suprimentos do seu negócio. Em suma, com a ajuda de informações registradas em um ERP, é possível visualizar todos os processos, possibilitando a correção de falhas, a previsibilidade da demanda e, assim, a redução de desperdícios e o aumento da lucratividade.

O ERP, portanto, traz uma visão holística para a cadeia de suprimentos, contribuindo para decisões mais acertadas.

Qual é a importância da integração desses sistemas de gerenciamento de logística?

A integração entre esses sistemas de gerenciamento de logística proporciona diversas vantagens à gestão. Em primeiro lugar, torna-se possível trazer mais clareza e percepção aos canais de distribuição e à gestão da cadeia de suprimentos. Isso porque os processos são automatizados, o que melhora a visibilidade das redes de distribuição e das operações. 

Com sistemas de gerenciamento de logística integrados, também é possível evitar a preocupação com a precisão dos dados. Para esclarecer, após inserir esses dados em um sistema, os outros são atualizados de forma automática, permitindo que os gestores fiquem por dentro de todas as informações em tempo real.

Da mesma forma, devido à automatização, essa integração reduz os custos de papel e contribui para o ganho de produtividade, oferecendo avaliação no local conforme cada etapa acontece.

Como escolher o sistema de gerenciamento de logística ideal? 

Até aqui, você compreendeu a importância de adotar sistemas de gerenciamento de logística em um negócio – mas como escolher o software ideal? 

Para isso, é preciso ter em mente que os sistemas estão relacionados com os serviços ou produtos oferecidos pela empresa. Ou seja, o sistema ideal é aquele capaz de proporcionar o melhor custo-benefício para o seu negócio.

Precisa de uma solução em logística emergencial? Conte com a Prestex! 

A Prestex é uma empresa nacional especializada em logística de cadeia de valor, estando entre as três melhores transportadoras emergenciais do Brasil. Precisa de uma solução eficiente, segura e ágil? Conte com as nossas soluções completas em cargas emergenciais! 

Também deseja descobrir mais sobre sistemas de gerenciamento de logística? Confira o nosso blog! 
Acesse o site da Prestex e entre em contato conosco para encontrar o serviço certo para o seu negócio.