Parcerias em logística empresarial são cada vez mais necessárias em um mercado tão nivelado quanto o atual. Com as empresas oferecendo serviços semelhantes, contar com o trabalho de marcas parceiras pode ser o segredo para destacar o seu negócio.

É nesse ponto que ter uma networking forte faz toda a diferença. Não apenas para encontrar empresas diretamente, mas também para conhecer caminhos mais simplificados. Afinal, quanto maior o conhecimento, mais certeiras as decisões.

Parcerias em Logística Empresarial

Para ajudá-lo nessa busca, apresentaremos neste artigo 6 dicas para você encontrar ótimos parceiros em logística empresarial. Continue lendo e saiba mais!

1. Amplie as cotações e contatos

Toda estratégia desenvolvida com inteligência e sem pressa apresenta grandes possibilidades de sucesso. Assim também é na busca por novas parcerias em logística empresarial. Outra lógica interessante a se considerar é: quanto maior o número de contatos, maiores são as chances de acerto.

A internet é uma grande aliada nesse ponto, pois ela permite que você realize uma longa triagem sem precisar sair da empresa. Para facilitar o seu trabalho, utilize ferramentas de cotações a fim de separar parceiros que trabalham com valores dentro da realidade do seu negócio e apresentam um perfil desejado. Faça isso o máximo que puder.

Com uma boa lista de cotações, separe os dados extraídos e comece a avaliar quais as marcas mais interessantes para a sua empresa. O próximo passo é entrar em contato com cada uma e tirar dúvidas que não ficaram claras na pesquisa informal.

2. Negocie pessoalmente com parceiros

Como apresentado, cotações e pesquisas online são essenciais para otimizar o seu tempo e aumentar as chances de sucesso. Todavia, elas são apenas passos iniciais na busca por novos parceiros logísticos. Ainda há etapas importantes nessa empreitada.

Agora, munido de informações válidas coletadas digitalmente, você deve visitar as empresas que melhor se encaixaram no perfil desejado. Não esqueça: quanto mais opções, melhor. Não tenha pressa ou negligencie pontos vitais nessa fase de descoberta.

Só no contato direto é que você consegue analisar a política da empresa, a estrutura do local e dos equipamentos, bem como a forma de comunicação. Contatos por telefone, redes sociais etc. podem ser “maquiados” e não representar a realidade do negócio.

Porém, tenha em mente que o encontro é para se certificar sobre os dados coletados anteriormente, não é interessante nesse momento fechar contratos ou parcerias rapidamente. Se achar oportuno, convide o outro lado para visitar a sua empresa e entender melhor a sua filosofia de trabalho.

3. Leve em conta o custo-benefício dos serviços

“O barato pode sair caro”. Com certeza você já ouviu essa expressão que, entre outras coisas, alerta para o perigo de escolhas precipitadas. É um conceito antigo, mas que pode ser utilizado em várias situações, desde uma pequena compra até o fechamento de um grande contrato de parceria.

Logicamente, a ação de encontrar parceiros logísticos passa pela ideia de diminuir os gastos da empresa. Porém, o segredo é não considerar o valor do serviço como principal fator para a escolha.

A melhor maneira para não errar ou, pelo menos, para minimizar os impactos negativos, é avaliar a decisão dentro do custo-benefício. Esse direcionamento permite que você considere não apenas o preço, mas também a qualidade do serviço oferecido.

Além disso, não esqueça: ao contratar uma parceria logística empresarial para realizar determinadas atividades, a sua empresa já está terceirizando e diminuindo custos com impostos e encargos trabalhistas. No fim, a estratégia em si já é uma razão para não priorizar apenas o preço operacional.

4. Foque nas empresas com alinhamento cultural

Essa é mais uma dica para tornar a sua futura parceria um negócio realmente lucrativo. O fato é que, ainda que a empresa demonstre uma boa execução de serviços e seja flexível quanto à negociação de preços, os valores e a filosofia de trabalho podem não estar alinhados com os da sua organização.

Mesmo que muitos profissionais não consigam entender à primeira vista, essa questão é muito importante para o fortalecimento da sua empresa enquanto instituição.

Por exemplo, a sua marca construiu uma reputação de ótima comunicação com o cliente, uma interação direta e transparente. Já o seu novo parceiro logístico não segue essa mesma linha, na verdade tem uma prática totalmente contrária. Caso seja necessário que ele tenha contato direto com o seu cliente final, as consequências negativas são inevitáveis.

Por isso, durante a busca, garanta que os pretendentes compartilhem dos mesmos valores organizacionais seguidos por sua empresa, permitindo que haja uma verdadeira identificação entre as partes e os clientes. Ou seja, a visão da sua marca deve ser a mesma do operador logístico.

5. Analise o histórico dos futuros parceiros

Quanto mais capacidade executiva o parceiro demonstrar, melhor para a sua empresa. Mas como saber o quão eficiente é um serviço sem tê-lo contratado? O melhor caminho para isso é analisar o histórico da empresa e realizar pesquisas junto aos clientes antigos.

Mas, primeiro, tenha em mente que essas são etapas sequenciais. Antes de chegar nesse ponto, leve em conta todas as dicas anteriores — assim você ganhará tempo e diminuirá as chances de erro.

Ao separar as marcas que melhor se alinham ao perfil desejado, faça uma pesquisa de campo para entender o trabalho prático delas. Estude sobre seus históricos e sobre eventuais problemas de relacionamentos, dificuldades em cumprimento de prazos, atrasos de pagamentos e outras questões pontuais.

E antes de fechar qualquer contrato, visite clientes antigos e questione sobre situações corriqueiras e essenciais para a sua empresa. Indague sobre pontos fortes e fracos do parceiro logístico e pergunte como o antigo cliente classificaria a parceria entre as duas marcas.

6. Nutra um bom relacionamento com parcerias em logística empresarial

Ao chegar aqui, provavelmente você já estava decidido a procurar novos parceiros logísticos. No entanto, há grandes chances de a sua empresa já contar com marcas sérias e eficazes na sua cartilha.

A verdade é que bons parceiros logísticos existem, mas nenhuma estrutura se sustenta em cima de algo frágil. Em outras palavras, uma parceria só será rentável e satisfatória se houver cumplicidade entre as partes envolvidas.

Você precisa cumprir o que se espera da sua empresa e agir com transparência e profissionalismo. Quando um lado cumpre a sua parte, o outro tende a seguir da mesma forma.

Por isso, antes de buscar por novos parceiros, analise se você já não tem os certos ou mesmo se não errou no passado em algumas decisões. Ao nutrir um bom relacionamento, o diálogo e as novas negociações ficam muito mais fáceis.

Em suma: não há dúvidas sobre o quanto uma correta parceria de logística empresarial pode fazer a diferença para o seu negócio. Por isso, invista nesse ponto.

Quer conhecer o melhor parceiro logístico para a sua empresa? Entre em contato com a Prestex e comece já a otimizar a sua operação.